Wednesday, June 28, 2006

baseball, portugal and gay pride

mais um fim-de-semana em SF, mais um evento histórico. gay pride weekend na cidade, com hordas de rotos a invadir (ainda mais) a cidade para defender igualdade de direitos e sodomia em público. apesar de concordar com a primeira, devo traçar uma linha para a segunda. ainda assim, foi um domingo à tarde brilhante! mas comecemos por sábado.

acordei cedo e fui dar uma corridinha maravilha para o Alta Plaza Park, perto de nossa casa. grande vista de SF, com o eterno nevoeiro por cima das montanhas e dos prédios. adoro esta cultura de parque da cidade, cheio de gente a passear os cãezinhos e os filhotes (por esta ordem), a jogar ténis ou simplesmente a correr para queimar calorias. impecável.

take me out to the ballgame! (ainda não é a parte gay, calma)
arranjei uns bilhetes excelentes (obrigado, grande Silva) para a 3rd base line no AT&T Park para ver o derby entre os San Francisco Giants e os Oakland Athletics, a ter início à 1pm. siga para o estádio acompanhado do exmº sr. engº Paulo Abreu, e bora lá ver gajos cheios de esteróides a jogar com os paus e as bolas! (mais uma vez, ainda não é agora...) o ambiente à volta do jogo é extremamente diferente do que se vive habitualmente em estádios de futebol. ao passo que num jogo típico de futebol o pessoal vai lá para ver o jogo e só descansa no intervalo para beber qualquer coisa ou vir cá fora passear, durante um jogo de baseball é tradicional vermos pessoas a sair a meio das innings para vir comer o proverbial cachorro e beber a tradicional cervejita (que custa no mínimo $7 lá dentro, vão chular o carago), e o mais incrível é que ficam a ver o jogo nas televisões que estão espalhadas pelos inúmeros bares que estão na zona imediatamente atrás das cadeiras, com o verdadeiro jogo a decorrer a meia-dúzia de metros à frente deles!!! de destacar igualmente a sã convivência entre adeptos das duas equipas. não há claques organizadas, toda a gente vê o jogo calmamente, cada um a torcer pelas suas cores, mas sem chatices. e se não há chatices num derby destes, então não me parece que haja chatices nos outros...

sintomático: ao nosso lado estava um casal de americanos, apoiantes dos Giants, que passaram o tempo todo a oferecer-nos "snacks". segundo o gajo, "trouxe coisas a mais, ninguém vai comer isto tudo! querem um beef jerky, umas gomas, amendoins, água, qualquer coisa?"...sim, sim, depois estranhem que os americanos não gostem de futebol a sério ;) o jogo acabou 8-7 para os Giants, depois de estarem a perder na bottom of the 9th por 7-5, sacam um home-run com 2 bases ocupadas, mais 3 pontos, 8-7, game over, euforia nas bancadas!

de qualquer forma, foi uma tarde muito bem passada, seguida de uma ida a downtown, levi's store, 2 t-shirts compradas e siga para casa, onde íamos ter a visita de alguns amigos, um dos quais (Shantman) se disponibilizou para cozinhar para a malta. algumas cervejas depois, com visitas dos nossos vizinhos como sempre, siga para um barzito, mais uns copitos e para casa descansar lá prás 3 da manhã porque no dia seguinte havia muito que fazer!!!

domingo arrancou com o Portugal vs Holanda. stress intenso, cerveja, conversa com holandeses, vitória, insultos variados (a meio só me lembro de gritar: "havia de romper um dique, filhos da puta!!!") e rouquidão posterior. um jogo típico para mim, portanto.
a parada gay já tinha começado quando chegamos à baixa, estivemos a ver um bocadinho antes de seguir para o bar ver a bola, e realmente é um espectáculo. polícias, gajas nuas, square-dancers, todo um mundo de LGBTs (Lesbian, Gay, Bisexual and Transgender) a passear pela Market Street, a pé, de carro, de camião, de bicicleta ou monociclo, com música a acompanhar e muita alegria. até o Mayor passou na parada, um apoiante declarado da igualdade de direitos deste povo.

depois do jogo, segui para a parade after-party nos jardins do Civic Center, enquanto que algum povo foi para os concertos grátis no Stern Grove. eu optei por ficar por ali, curtir a festa. e valeu a pena. infelizmente ainda não tenho fotos do evento porque me esqueci da máquina em casa, mas estou a contar com a máquina da Martinha que andou a funcionar sempre que eu pedia :) na festa, obviamente, mais uma loucura de SF, com gajos vestidos como gajas, gajas vestidas como gajos (pera, isso eram mesmo fufas vestidas como fufas, por isso não havia máscara aí), personagens loucas (gajos vestidos de flamingos, por exemplo), t-shirts fabulosas (saliento "Oklahomo" e "I'm a good reason to switch over"), cervejinha fresca e música a condizer.

há duas histórias que não hesito em contar sobre domingo:

estavamos numa zona com um palco e um dj a rodar trance pesado, quando chega um gajo à nossa beira e pergunta em bom lusitano: "são portugueses?". era fácil de notar porque eu andava com o cachecol da selecção ao pescoço, e respondemos que sim. o tipo, mais roto que o Elton John, começa a dizer que tem pais portugueses, a mãe do Minho e o pai de S.João da Pesqueira!!! S.JOÃO DA PESQUEIRA!!! realmente o mundo é pequeno :)

quanto à outra história (falta a foto para ficar perfeito), íamos a passear lá pelo meio e vimos um cartaz ao longe a dizer "leather alley". obviamente tivemos de lá ir ver o que se passava, e entre demonstrações S&M (no cameras allowed), estava uma banquinha num passeio a dizer: "Spanking Booth: the best damn spanker in the world". paramos em frente ao tipo "blue-oyster bar" style que lá estava a trabalhar, e aparece um indivíduo lá, baixa das calças e deita-se na mesa de peida ao ar. o spanker começa a trabalhar no spankee, umas palmadinhas e umas massagens, e esta merda dura praí 2 minutos. "marta, por favor tira uma foto disto, é imperdível!!!" quando acaba o serviço, o cliente pagou, deram um beijo e siga viagem. ficamos todos de boca aberta...somos uns meninos, realmente :)

é assim esta cidade. cheia de seres estranhos, pessoal louco e extrovertido e sem medo de ser julgado. admiro-os e de uma certa maneira estou a adaptar-me bem à mentalidade. remember, it's where people who don't fit in...fit in...:)

fotos do sábado (as do domingo virão depois):

em frente ao AT&T Park,
home of the SF Giants

ui, assenta como uma luva...
(é má, eu sei)

um momento durante o jogo...

o final da partida!!! Giants rule!!!

3 Comments:

Blogger martacorreia said...

podes ir ao meu blog buscar as fotos ja la estao todas!

4:17 PM

 
Blogger Bruno Smart said...

Pronto, malta, é oficial: perdemos o Mocas!

"admiro-os e de uma certa maneira estou a adaptar-me bem à mentalidade"

:)

3:30 AM

 
Blogger caliope said...

EUA? EUA?
Incrível...e como foi isso?
São 21:39 e Portugal está a perder. Nem acredito! :( Portugal, amanhã, vai estar em "baixo").
Desconfio que amanhã (quem trabalhar) vai estar tudo de trombas e a produção nacional vai ser muito em baixo...muito em baixo...
Não recebi mail teu...quero saber tudo..:* grande para ti

1:45 PM

 

Post a Comment

<< Home