Saturday, April 15, 2006

a chegada

Saída de Portugal tranquila, diria uneventful. No aeroporto fica sempre um pedacinho de nós, mas quando os meus pais e a minha menina ficaram ao longe, a verdadeira viagem estava a começar. Adeus saudade até depois, elas hão-de chegar quando lá chegar eu (e já chegaram e continuam, um gajo habitua-se). Eu com os meus dois caixões (as minhas malas assim apelidadas pelo Tiago, quiçá devido ao facto de serem gigantescas) no balcão de check-in, esperar um bocadito pelo voo e andante que se faz tarde. Uma nota fantástica ainda no Porto: estou eu a tomar um cafezito quando ouço alguem a chamar. Quem mais senão Miss Paula Sousa, com um sorriso e dois beijinhos, "ai e tal vou para Zurique passear". Digam lá que não há coincidências incríveis. Paulinha, esta vida anda uma confusão, quando tiver mais tempo ligo-te e falamos um cadito.

Saímos do Porto: Eu, Tiago, Shant, Lima, Luís, Meireles, João, Ana, Kiko, Diana. O resto da malta encontrou-se em Frankfurt, leia-se Sérgio, Peixeiro, Vasco, João.

Depois de um voo interminável (paragem em Frankfurt para almoçar e siga directo mais 11h até SF) , lá chegámos ao aeroporto.

À chegada, Lima e Shant, prevenidos, alugaram carro. Eu e o Tiago, não. Eu e o Tiago abancamos automaticamente com eles.
Lima e Shant reservaram hotel. Eu e o Tiago, não. Ainda bem (ler abaixo).

Metemo-nos a estrada para downtown SF (o aeroporto ainda fica a alguns kms da city). A entrada em SF é incrível. Arranha-céus iluminados a rasgar, luzes em todo o lado, com a Golden Gate em pano de fundo. Lindo. Nosso amigo Shant, com um sentido de orientação invulgar, imediatamente dá direcções para o Hotel, que acabou por ser uma espelunca, localizada no bairro de Tenderloin, um dos piores da cidade. Resultado: saímos do hotel e fomos procurar motel para os 4. Ao fim de algumas tentativas, lá encontramos o Surf Motel na Lombard St, recepção com cheiro a caril e quartos com 2 camas cada um, siga que estamos cansados.

Acabamos a noite a jantar no Calzone's na Columbus St, no meio da Little Italy, em North Beach.

Este foi o primeiro dia. Depois conto o resto ;)

(este relato é chato como o caraças, mas se calhar é a melhor maneira de contar o que passou. agora não pensem que vou continuar dia-a-dia porque sinceramente nem tenho pachorra nem me lembro de tudo ao pormenor!)

2 Comments:

Blogger Ricardo Ferreira said...

Ainda não li nada, só um comentário rápido para dizer que estou a sair para ir ao jogo de substituição do Abdel F.C.!

Eat your heart out!

Um grande abraço,
Ricardo (JFK)

12:22 PM

 
Blogger Daniela Bertocchi said...

Bom saber que está bem e já cheio de histórias engraçadas pra contar. Um abraço!

12:55 PM

 

Post a Comment

<< Home